Ministro não quis adiantar se haverá adiamento da data de implantação do mecanismo de 2020 para 2021

MINISTÉRIO DE MINAS E ENERGIA DIVULGA HOJE A DECISÃO SOBRE PREÇO HORÁRIO

O ministro de Minas e Energia (MME), Bento Albuquerque, assina hoje (31) a portaria com a decisão sobre a metodologia do preço horário. Albuquerque não quis adiantar se haverá adiamento da data de implantação do mecanismo de 2020 para 2021, mas disse que a metodologia tem que ser atualizada, no mínimo, porque vigora há 20 anos.

O ato deve ser publicado amanhã, 1º de agosto, no Diário Oficial da União, mas o MME vai divulgar uma nota elaborada em conjunto com a Câmara de Comercialização de Energia Elétrica, o Operador Nacional do Sistema Elétrico e a Agência Nacional de Energia Elétrica.“Como vocês que acompanham o setor sabem a diversificação da nossa matriz foi alterada nesse período. E o despacho tem que levar em consideração essas coisas. Então, tudo foi feito com bastante critério, com consulta publica, com participação de todo mundo”, disse o ministro.

Albuquerque participou ontem de reunião com a Comissão Permanente para Análise de Metodologias e Programas Computacionais do Setor Elétrico (Cpamp), o ONS, a CCEE e a Aneel, para tratar do assunto.