Executivo afirmou que o objetivo da empresa é priorizar a produção de petróleo

PRESIDENTE DA PETROBRAS DIZ QUE NÃO INVESTIRÁ NA OPERAÇÃO DE ENERGIA RENOVÁVEL

O presidente da Petrobras, Roberto Castello Branco, afirmou que a companhia não fará novos investimentos na produção de energia renováveis. O executivo disse que o objetivo da companhia é priorizar a produção de petróleo. Ele reafirmou a possibilidade de reduzir à zero as participações da estatal na BR Distribuidora, na Gaspetro e na logística e transporte de gás.

Em relação à energia renovável, Castello Branco defendeu que é um negócio que requer competências diferentes do negócio de petróleo e gás.

“Não vamos investir em operações de renováveis porque é um negócio que requer competências diferentes do negócio de petróleo e gás. Se entrarmos nesse jogo, temos que entrar para ganhar. Não entrar açodadamente só porque os outros estão fazendo. É proibido perder dinheiro”, ressaltou Castello Branco, que declarou que vai manter a pesquisa no setor.

Roberto Castelo Branco disse ainda que, entre as concorrentes internacionais do setor de óleo e gás, há muito marketing e poucas ações de fato no investimento em renováveis.

“Se formos ver as companhias europeias, que são as principais que focam no negócio de energia renováveis, a projeção da participação de energia renováveis em suas receitas em 2030 é 1%, no máximo 1,5%. Na prática não é tudo isso”.